Thursday, December 13, 2007

Subversão mirim

Esses dias eu acordei com a estranha lembrança de que as crianças da minha época costumavam usar o seguinte versinho idiota:

- Ordem no tribunal!
- Baixa as calças do general!

O que eu mais estranhei, além da nebulosa relação entre Exército e Poder Judiciário exposta na rima, foi que esses versos ofensivos à hierarquia militar se espalharam justamente entre os anos 70 e 80, época da ditadura no Brasil.

Fico pensando no suicídio estratégico que o governo Médici cometeu ao não abrir um DOPS Kids, ou um DOI/CODIzinho, para coibir essas atividades subversivas desde o início. Ora, se os comunistas se organizavam em universidades, nada impedia que eles começassem a formar seus grupos já no Jardim de Infância.

Até porque havia outras claras evidências de movimentos revolucionários se organizando nas escolinhas. Veja, por exemplo, essa canção de protesto:

Marcha soldado
Cabeça de papel
Se não marchar direito
Vai preso no quartel

Está claríssima aqui a intenção de desdenhar da inteligência dos militares, ressaltando que quem saísse da "direita" acabaria fazendo companhia ao pessoal do Pasquim na cela. E a censura perdendo tempo com "Apesar de Você", "Tanto Mar", "Caminhando e cantando" e outras metaforazinhas.

O resto da história vocês já sabem. Diretas Já, Tancredo, Sarney, Collor, Itamar, FHC, Lula e a Arena, envergonhada de ter sido derrubada por uns pirralhos, mudando de nome a cada dois meses. Tudo porque os militares eram todos velhos demais para prestar atenção em criança.

2 Comments:

Blogger Emiliano said...

"DOPS Kids" - morri muito

11:12 PM  
Blogger Gis said...

No jardim de infância não dava pq eles comiam as criancinhas... ops! será que até nisso a gente entendeu o sentido errado? rsrsrs

6:07 PM  

Post a Comment

<< Home