Friday, May 19, 2006

Agora eu vou falar

A primeira e última vez que eu comi um chocolate mentinha foi aos onze anos, eu acho. Foi, é e será a maior decepção da minha vida. Eu era um guri meio gordo e glutão àquela época, dizem que por conta de umas injeções que tive que tomar toda semana, durante um ano, pra combater a asma - e que, obviamente, não funcionaram.

Pois então. Estava eu, gordo e glutão, onze anos, em um restaurante com a família, e o garçom entregou a conta num pratinho cheio daqueles chocolates mentinha. Eu já sabia ler, óbvio, mas não achava que precisaria ler a embalagem. Era chocolate, o que poderia dar errado? No máximo, teria um recheio meio ruim, ou talvez fosse fabricado pela Neugebauer, mas enfim, era chocolate, tava valendo.

Até a hora da primeira mordida. Aliás, mordida não, eu coloquei o negócio inteiro na boca. E tive que engolir, porque já tinha aprendido naquela época que cuspir um naco de chocolate mastigado na toalha do restaurante e nas roupas do pai e da mãe era feio.

Desde então, segue entalado na minha garganta um grande grito de protesto. Um grito que, só agora, quando tenho a possibilidade de ser lido por todos os usuários de computadores do mundo (incluindo o computador do inventor do chocolate mentinha e de alguns membros de sua família), sinto oportuno bradar:

QUEM FOI O FILHO DA PUTA, PAU NO CU, NEFELIBATA, CANALHA, SACRIPANTA, QUE INVENTOU O CHOCOLATE COM MENTINHA? QUE PORRA É ESSA DE CHOCOLATE COM MENTINHA? COMO ASSIM, CHOCOLATE COM MENTINHA? COMO É QUE O CARA PEGA O MELHOR ALIMENTO DO MUNDO E COLOCA SABOR DE PASTA DE DENTE NELE? COMO É QUE DEIXAM UM CARA DESSES SOLTO NO MUNDO? O QUE MAIS UM PUSILÂNIME DESSES PODE INVENTAR? O FILÉ MIGNON SABOR COMIDA DE CACHORRO? O NESCAU SABOR NALDECON? O SEXO SABOR REUNIÃO DE CONDOMÍNIO? O FUTEBOL SABOR GOLFE?

Ufa. Dezesseis anos depois, finalmente me sinto melhor. Ah, e pra quem tá sentindo falta das tiras, elas voltam nas próximas duas semanas, viu?

Monday, May 08, 2006

Pra trás Brasil!

Dizem que nunca se viu tanta empolgação com uma seleção antes de uma Copa. Eu acrescentaria: nunca se viu tanta empolgação com uma seleção que nem é tão boa assim antes de uma Copa. Os goleiros e os zagueiros são pouco confiáveis, os laterais, de tão velhos, já deveriam estar treinando o São Caetano e não há um atacante cotado para ser titular que não esteja em má fase. Isso que eu ainda não falei do técnico, o Carlos Alberto quem-sabe-a-gente-não-dá-mais-um-toque-pra-trás Parreira.

Por isso, sugiro que todos os brasileiros entoem esta canção. A melodia é o tradicional jingle de copa da Globo ("Na torcida são milhões de treinadores/Cada um já escalou a Seleção... Eu sei que vou/Vou do jeito que eu sei...").

Basta substituir a tradicional letra por esta, bem mais condizente com a situação atual:


Na torcida todo mundo anda afoito
Acham que o Brasil já é o campeão
Mas basta só lembrar 98
Quando o sonho acabou
em convulsão

Favorito em Copa nunca ganha nada
É só perguntar pro Zico e pro Falcão

Ronaldo tá gordo
E Cafu tá velho
Melhor se acalmar, Galvão

Refrão:

Sem já ganhou
Desse jeito, não sei
Oitenta e dois
Tá pedindo um replay

Sem já ganhou
Otimismo, onde já se viu?
Baixa essa bola, Brasil